Temas Fechar

Malditas crenças limitadoras! – por Joana Amorim

23 de Abril de 2021
Créditos de imagem: Pexels

"Percebi que o nosso sistema de crenças é de tal forma importante que o nosso mundo exterior acabará por ser um reflexo do nosso mundo interior."  

Todos nós formamos uma ideia de nós próprios, dos outros e do mundo que nos rodeia. Essas ideias convertem-se em princípios que regem os nossos pensamentos e ações.

 

As crenças acabam por ser generalizações que transformamos em “regras” e que orientam o nosso comportamento, condicionando assim os nossos resultados.

 

Por isso, o que dizemos a nós mesmos, tem uma influência enorme nos nossos resultados! Sejam eles positivos ou negativos.

 

 

Noventa por cento das nossas convicções não passam de mentiras, e nós sofremos por acreditar nelas.”

 

Jacob Pétry

 

 

Desde que desempenho a função de Business Coach na Zome, deparo-me cada vez mais com este fenómeno que me deixa sempre a pensar…

 

Curioso, quando somos crianças, lançamo-nos a tudo sem qualquer hesitação. Pelo menos, enquanto pequeninos e enquanto os nossos pais ou cuidadores não nos começam a limitar os horizontes, também eles baseados em crenças que criaram.

 

Se pudéssemos iniciar a nossa história de vida única e exclusivamente baseada nas nossas experiências, sem influência de fatores externos, será que construíamos as mesmas crenças limitadoras?

Serão as crenças fruto das nossas condições?

Créditos de imagem: Janerik Henriksson/TT/EPA

Se assim for, como explicamos tantos exemplos de sucesso em várias áreas, como Abraham Lincoln, um dos presidentes mais conhecidos da história dos EUA, que não teve uma vida nada fácil, ou Oprah Winfrey primeira mulher negra bilionária nos EUA, também ela com uma infância conturbada.

 

Jan Koum, CEO e co-fundador do Whatsapp, que viveu toda a sua infância em condições precárias. Walt Disney com uma das histórias mais famosas de superação. Albert Einestein que não prometia nada na escola e apesar disso tornou-se o cientista, que revolucionou a física moderna ou o nosso CR7 com a história brilhante que todos conhecemos e tantos, tantos outros com histórias notáveis de sucesso alcançado.

 

Serão as crenças criadas a partir da repetição de um conjunto de experiências ou de uma única experiência que teve um forte impacto emocional e negativo na nossa vida?

 

A verdade é que não faltam desculpas para algumas das nossas ações ou falta delas e atire a primeira pedra quem nunca o fez, mesmo que inconscientemente.

 

Lembro-me quando entrei para o setor imobiliário, de começar a ouvir cada vez mais a expressão “isso são desculpas”.

 

Na altura, aborrecia-me imenso ouvir aquilo e dizia muitas vezes que não eram desculpas e sim constatações da realidade. Irritava-me acharem que tudo o que eu dizia, em minha defesa para explicar o facto de não ter feito algo, serem desculpas.

 

Mais tarde vim a perceber que muito embora algumas fossem aquilo que eu achava “constatações da realidade”, também eram desculpas e a realidade era essa, “constatações de uma realidade de desculpas” e eu só percebi isso, quando cresci no negócio e a minha realidade tinha mudado. Eu tinha assumido mais responsabilidade e com isso obtido mais poder, poder de me transformar para obter resultados diferentes.

 

O aumento de responsabilidade, levou-me a ter de ignorar algumas crenças limitadoras. A fintar algumas delas de forma a não lhes dar tempo de se apoderarem de mim antes de agir e quando dei por mim, estava a fazer aquilo que pensei tantas vezes não conseguir: a acompanhar uma equipa como faço agora, ajuda-me a ver as coisas de outro prisma.

 

A perceber os vários padrões e como pessoas tão talentosas têm dificuldade em ver o seu potencial, assim como outras com menos competências, conseguem ir tão longe e alcançar tanto sucesso.

 

» Leia também: A única maneira de ter experiência, é começar! - por Adriana Gonçalves

Curioso, não?

Bem, se aquilo em que acreditamos condiciona as nossas ações e se as nossas ações são o que geram os nossos resultados, então as nossas crenças limitadoras afetam tudo o que conseguimos alcançar nas mais variadas áreas da nossa vida.

 

Mas então, se somos nós que criamos as crenças, também as conseguimos eliminar ou até talvez convertê-las em crenças potenciadoras.

 

Talvez seja isso que aquelas pessoas que falei atrás, que não possuem tantas competências mas na verdade chegam mais longe, o fazem. Talvez essas pessoas tenham um discurso mais positivo, que as leva a acreditar mais e melhor.

 

Aquilo em que acreditamos, torna-se realidade!

 

Percebi que o nosso sistema de crenças é de tal forma importante que o nosso mundo exterior acabará por ser um reflexo do nosso mundo interior. Por isso, se acreditas que podes, tens razão. Se acreditas que não podes, também tens razão.

 

Desafia-te a perceber que medos te estão a ser mentalmente “reféns” de uma crença limitadora e transforma-as em potenciadoras ou simplesmente elimina-as.

 

Lembra-te, nem tudo depende de nós, mas encontrar alternativas depende!

"Percebi que o nosso sistema de crenças é de tal forma importante que o nosso mundo exterior acabará por ser um reflexo do nosso mundo interior."  

23 de Abril de 2021
Autor:

Joana Amorim

Business Coach Zome
Partilhar:
Publicações recentes
Newsletter
Subscreva a nossa newsletter!
Copyright Zome España® 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade Termos e condições Resolução Alternativa de Litígios