Temas Fechar

Como manter a motivação para concluir metas e sonhos - por Hélder Ferreira

13 de Janeiro de 2021
Créditos de imagem: Adobe Stock

"São os objetivos que estabelecemos que nos fazem agir, que nos motivam a dar os passos necessários para alcançar algo. Afinal, motivo e ação é o que gera motivação." 

Estava eu, a certa altura, focado em cumprir objetivos, em alcançar as metas que me eram propostas mas sem um motivo forte pessoal para o fazer. Quem já se sentiu assim? Depois como se não bastasse, comecei a ouvir vozes que me diziam: "não és capaz", "o melhor é deixares tudo para trás", "não conseguirás mais alcançar os objetivos a que te propões". O mais fácil aqui é acreditar que assim é, dares-te por vencido e esperar que algo aconteça.

 

O desafiante foi olhar à minha volta e ver o que queria dar aos meus pais e avós (que ainda os tinha nessa altura) e mais desafiante ainda, foi pensar no legado que queria deixar às minhas duas filhas gêmeas e ao meu braço direito e esquerdo... a minha Joana, a minha mulher. Estes são os motivos fortes que não me permitem deixar de acreditar que é possível, mesmo quando parece o contrário, mesmo quando as vozes tentam "enterrar" os teus sonhos. É sobre isto que gostaria de te falar hoje. Vamos lá?

 

Porque ouvimos tantas vezes as pessoas dizerem “estou desmotivado”, “precisava de outros objetivos”? Porque são talvez os objetivos que estabelecemos que nos fazem agir, que nos motivam a dar os passos necessários para alcançar algo. Afinal, motivo e ação é o que gera motivação. 

 

Mas nem sempre a desmotivação que sentimos vem pela falta de objetivos. Podem existir outros motivos que causam desmotivação e é sobre isso que vou falar neste artigo. Deixo-te aqui três deles para refletires: 

 

1. Ausência de um motivo forte

 

Por vezes defines vários objetivos, mas não terão associados a si um motivo verdadeiramente forte que te leve a superar todos os desafios e dificuldades que vão surgindo para os conseguires alcançar. Como podes identificar esse motivo forte? Quando, por exemplo, estás cansado, desmotivado, desiludido e mesmo assim vais à luta!

 

2. Zona de Conforto 

 

A conhecida zona de conforto leva-te a fazer sempre o mesmo da mesma forma e a não querer experienciar e conhecer novos caminhos. Como aprendemos nas nossas formações de Neurociência da Zome, o nosso cérebro réptil, que tem como principal função garantir a nossa sobrevivência, procura sempre o caminho que não te coloque em risco e que não te faça gastar demasiada energia. Por isso, a nossa mente quer que te mantenhas nessa zona de conforto.

 

3. Por outro lado, como seres humanos procuramos o prazer e fugimos da dor

 

Sendo que é por via desta última que nos superamos. Quando sentires receio ou medo de dar um passo por ser algo que desconheces, o meu conselho para ti é: AVANÇA, ARRISCA!

 

Então o que podes fazer para que te sintas motivado a alcançar os objetivos a que te propões?

 

Se olhares para os três pontos atrás referidos, diria que quando identificas o motivo (forte) que te leva a agir, é aí que deves centrar a tua atenção, pois será esse motivo que te fará superar todos os desafios e contrariedades. Esse motivo forte é INEGOCIÁVEL! 

Imagina o seguinte cenário:

Em plena pandemia, a tua esposa ou marido ficou desempregado, vocês têm dois filhos na escola e os teus pais dependem de ti. O que farias? Lamentas? Desistes? Ou este é um motivo forte que te leva a superar tudo e vencer todas as adversidades pois a tua família depende de ti? Podes até pensar e dizer: “Hélder, esse é um caso extremo!”

 

Hm... Talvez.

 

Mas o meu objetivo é fazer-te refletir. Olha à tua volta e identifica algo que é inegociável para ti, algo que te leve a superar qualquer adversidade, algo em que te agarres com "unhas e dentes" e que te leve a alcançar aquilo que mais desejas, os teus objetivos e sonhos. 

 

Conheço, nas funções que exerço na Zome, pessoas de toda a península ibérica, de todas as formações académicas, de todos os estratos sociais e garanto-te que todas elas têm esse valor inegociável!

 

É com o foco e acompanhamento dos Business Coaches da Zome que estas pessoas têm, na maior parte dos casos, alcançado e superado os seus objetivos, os seus sonhos. Os que ainda não os alcançaram por ventura, ainda não identificaram o seu objetivo inegociável e estão um pouco perdidos. O nosso principal dever é continuar a ajudá-los.

 

Os que já alcançaram, esses já criaram novos desafios inegociáveis, tenham eles vindo do setor da educação, da aviação, do turismo, da engenheira, das obras, da panificação, de tantas, tantas profissões que não as consigo enumerar todas.

 

O mais curioso, é que todos eles que nunca tinham pensado em enveredar pelo setor imobiliário, hoje não estão em nada arrependidos da opção que fizeram. Hoje são o orgulho dos seus pais, dos seus filhos, família, amigos e clientes. E isto porque tornaram melhor a vida de cada um deles e com o reconhecimento que estes lhe dão, também sentem que a sua vida está melhor.

 

Porque terão estas pessoas chegado ao imobiliário?

 

Talvez porque um dia se questionaram “precisava de outros objetivos”  e porque queriam alcançar o seu objetivo inegociável. Pensa nisto: Qual é o teu objetivo inegociável? Define-o e faz acontecer!  

"São os objetivos que estabelecemos que nos fazem agir, que nos motivam a dar os passos necessários para alcançar algo. Afinal, motivo e ação é o que gera motivação." 

13 de Janeiro de 2021
Autor:

Hélder Ferreira

Diretor de Formação da Zome
Partilhar:
Publicações recentes
Newsletter
Subscreva a nossa newsletter!
Copyright Zome España® 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade Termos e condições Resolução Alternativa de Litígios